Criados no ano de 1970 e garantido através do FAT – Fundo de Amparo ao Trabalhador desde 1988, o abono do PIS-PASEP vem sendo uma ajuda e tanto para o funcionário e servidor público, garantindo para aqueles que recebem até 2 (dois) salários mínimos no ano, um complemento de 1 (um) salário mínimo integral, a ser sacado via Caixa e Banco do Brasil (respectivamente).

O abono salarial de 2019 já foi definido pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador – CODEFAT e os pagamentos se iniciam a partir do próximo dia 25 de Julho e vão até dia 30 de Junho de 2020.

Os critérios para o Pagamento do PIS/PASEP continuarão os mesmos: o do PIS será considerado o mês de nascimento e, o do PASEP, será considerado o dígito final da inscrição do PASEP.

Vale lembrar que, caso uma pessoa tenha o registro do NIT (Número de Inscrição do Trabalhador) feito primeiramente no PIS e, posteriormente, ela se transforme em Servidor Público, o pagamento segue de acordo com a tabela do PIS e não do PASEP.

Veja abaixo como ficou a tabela de pagamento do abono do PIS-PASEP 2019:

Confira sua data de nascimento (no caso do PIS) e o final da sua inscrição (para o PASEP) e vá até alguma agência da Caixa Econômica munido de seu cartão Cidadão (caso tiver) ou documento de identidade para sacar seu abono do PIS e a uma agência do Banco do Brasil, caso seu abono for o do PASEP.

Os Servidores Públicos que já recebem seu salário pelo Banco do Brasil, ou que já possuem conta no Banco, receberão o valor diretamente em sua conta.

Para quem declara Imposto de Renda:

Quem recebeu no ano de 2018 rendimentos declarados até R$ 23.952,00, também receberá o abono do PIS/PASEP. Caso passar R$ 1,00 deste valor, você não estará apto para recebê-lo.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *